terça-feira, 11 de abril de 2017

Nota de Esclarecimento

Eu estou algum tempo trabalhando em uma nova edição de Odú RPG e disponibilizei algum material já por este blog e outros canais, mas algumas conversas entre amigos pararam em outros locais e tomaram uma proporção desnecessária em relação a uma possível publicação do Odú RPG.
Meu RPG é sobre cultura negra e sim é necessária frisar isto em respeito a origem desta cultura, não desrespeitar ou ofender o povo que nos legou o material que possuo para construir o jogo. Sendo assim houve algumas conversas prévias, mas nada fora oficializado, o projeto tem muito que melhorar como arte, diagramção, mecânica, etc...Ele está  ainda bem crú, eu dei o pontapé inicial e tenho muitas deficiências como autor, ainda caminho para me tornar um. Gostaria do feedback de quem curtiu o jogo e de quem não gostou também, mas repito não há nenhuma obrigação ou previsão de publicação do Odú. No momento ele nem é a minha prioridade, tenho outras coisas pessoais para resolver e ele vai ficar na gaveta por hora!
Se uma editora não quiser publicar, ela tem total direito disto, apenas gostaria de  que o tempo discorrido para confabular teorias sobre uma eventual publicação ou financiamento pudesse ser transformada em idéias, críticas e elogios ao Odú RPG, que não é meu e sim de todos que admiram e amam a cultura afro e a mitologia yorubá como um todo.
Então para todos que especulam ou ouviram eu dizer algo e tem alguma dúvida acerca da obra, podem me perguntar sem problemas. Este é o canal e também tenho meu facebook pessoal. Sou um pouco meio sem paciência, mas não mordo não!

Asé a todos! Que meu pai Oxalá os abençoe!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Rastejadores de Masmorras


Esta é mais uma OSR que crieir, utilzando muitas fontes fazendo uma sínteses de tudo aquilo que acho bom para uma boa mesa de jogo. Além de ser um jogo desafiador, aonde pessoas comuns saem em aventuras em busca de ouro e glória!

sábado, 11 de março de 2017

Kuesuto & Doragons

Apresento a vocês, meu projeto de OSR, um rpg inspirado nos JRPG eletrônicos clássicos como Dragon Quest, Final Fantasy, Shinning Force, Fire Emblem e nos Animes de Fantasi como Fly, o pequeno guerreiro. 
Kuesuto & Doragons traduzindo seria Quest & Dragons ou Jornadas e Dragões. A intenção é fazer uma brincadeira com as palavras como elas são ditas em japonês. 
Em breve disponibilizo um bestiário e uma aventura introdutória, este livro ainda é um esboço, mas é possível jogar com ele sem problemas. Preciso do feedback de vocês para uma versão definitiva!
Espero que divirtam-se.


sexta-feira, 10 de março de 2017

Projetos!

O Blog está parado algum tempo, pois não tive muito tempo de escrever. Estou ocupado com a segunda edição do Odú Rpg, espero poder publicar em breve e se acontecer noticiarei aqui. Mas estou em um projeto pessoal de um rpg que utiliza mecânicas da OSR e tem a temática de JRPG e animes que seguem esta linha.
Estou com dificuldade no nome deste rpg aceitaria sugestões! Em breve postarei aqui o jogo para vcs aproveitarem e também me ajudar a construir um jogo divertido!
Abraços do Bardo!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O Forte das Terras Marginais- Sessão 9

Old Dragon não é um RPG muito versado para intrigas, mas faltaram alguns jogadores nesta sessão e tentei colocar algo diferente na trama. Um dos jogadores fez um personagem novo para esta sessão e o Mago Humano Vlad veio as terras marginais conhecer a comitiva do graveto, seus feitos chegaram ao sul e o recém formado na academia arcana imperial migrou para as proximidades do forte aonde conheceu Reagan,Mussunlis e Satanael na taverna do Javali na vilade Beredrín

Um lorde local que enviou homens para a campanha ao norte da comitiva enviou um emissário para convidar a comitiva para um trabalho de dar segurança ao casamento de sua filha com o filho do Capitão do forte das terras Marginais. O grupo convida Vlad e eles aceitam o trabalho, chegando lá são bem recebidos e já cuidam dos preparativos recebendo convidados e averiguando possíveis ameaças. A noiva estava um pouco adoentada, um mestre do saber zelava por ela e seu primo tomava conta da segurança do quarto. Ela recusava -se a ser visitada. Após algumas pesquisas Mussunlis conseguem descobrir uma fofoca que a noiva era apaixonada pelo próprio primo. O noivo bebia bastante e o grupo não ligou muito para ele no primeiro momento, ficaram desconfiados de um clã que no passado teve ligação com os cultos dos caos. No dia seguinte após o sacrifício celebrado pelo Druida, o casamento foi celebrado e o Pai da noiva iniciou uma caçada com o noivo e alguns convidados. Vlad fora junto, os caçadores foram confrontados por um imenso javali com inscrições rúnicas!
O Lorde faleceu no ataque do Javali tocado pelo Caos e ao retornarem da caçada, Satanael e Reagan foram investigar o incidente e descobrem uma gruta que possuía vestígios da presença do culto do caos na região. Ao retornarem descobrem que Mussunlis havia ofendido o noivo que o chamou de corno por ser traído pela noiva com o primo, Mussunlis teve a língua queimada com ferro pela ofensa. As investigações do grupo prosseguem com os convidados, eles passam a desconfiar do noivo, pois como novo lorde ele assumiria o lugar do sogro. O irmão do lorde estava furioso pela perda do irmão, ao indagarem o primo da noiva sobre o caso ele informa não ligar para nada e o mestre do saber era um mero servo, eles não forçaram maiores perguntas e decidiram ir ao quarto da noiva.
Reagan ajuda então Vlad e Mussunlis a entrarem no quarto da noiva durante a consumação do casamento pela janela do lado de fora. Antes Vlad havia adentrado e lido o livro do mestre do saber observando anotações no livro do mesmo sob ervas de controle do fluxo menstrual... Dentro do quarto Vlad antes os fizera dormir com sua magia. Mussunlis ao adentrar corta a garganta do noivo, e decide matar então a noiva, mas Vlad intervém lançando um mísseis mágicos e o ladrão cai pela janela desmaiando. O primo da noiva entra e com um golpe faz Vlad cair. Satanael e Reagan então são convocados a presença do Capitão da Guarda, O Irmão do Lorde, O Mestre do Saber e o primo da Noiva. Indagados pelo capitão sobre se ele devia ou não empalar todos membros da comitiva, Satanael informa não saber o que havia acontecido e que fora uma iniciativa dos dois membros, Reagan confirma o que Satanael diz. O Capitão então decapita Vlad e Mussunlis com um machado e os dois membros remanescentes da comitiva saem do local.




segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Pokérole RPG- Sessão 1

A sessão conta com 2 jogadores Takeoshi e Lunick. Takeoshi é um garoto de 12 anos que aparente ser bem mais velho e veste-se como um cavaleiro e comporta-se como um personagem de anime bem fofo, enquanto Lunick é um estudioso bem sério. Takeoshi começou com um Rhyhorn e Lunick com uma Squirtle. Takeoshi treinou para ensinar seu Rhyhorn um horn atack, ao saírem do Centro Pokémon eles se unem para capturar um dos pidoves na porta, mas Lunick captura somente.

Takeoshi ruma para a rota 01 e lá ele avista um Minarac e ela vai embora, em seguida um ratta foge da investida de um Pounther e Takeoshi tenta se dar bem com ele e após uma batalha ele captura o monstrinho. Na Vila que eles chegam a noite eles partem para os esgotos aonde ignoram os rattatas e acham um casal de grimers, que eles capturam e assim se encerra a aventura.

O sistema é muito simples, mas a quantidade de monstros, ataques é que torna a consulta as vezes demorada, mas o costume e gravar os nomes e regras fará isso ser mais rápido.












sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

O Forte das Terras Marginais- Sessão 8

É quase fim do verão e muitas tribos e caravanas migram do norte para regiões próximas ao Forte, o capitão da guarda do forte e o Prefeito de Beredrín estão preocupados com os relatos dos migrantes. Eles informam que criaturas com aparência de animais hediondos caçam e devoram todos que encontram no caminho, as tribos guerreiras do norte estão em guerra com as tribos goblinóides que triplicaram de número nos últimos anos.
A Inquisidora começou a investigar moradores e comunidades locais e alguns locais de culto começam a ser encontrados. Um conselho será organizado no festival de Solstício de Verão para que as próximas medidades sejam tomadas.
Uma comitiva de anões, uma embaixada élfica e alguns representantes halflings foram convocados e além da vila pesqueira de Lacossa que enviará um delegado do conselho da cidade.
Os moradores começam a temer o ribombar dos tambores da guerra...



E assim a Comitiva do graveto participou do Conselho, sendo decidido que a comitiva iria ser enviada para obter maiores informações e prova a existência das atividades de monstros e cultistas do caos ao norte. Durante 8 dias eles marcharam para margem sul do lago até a vila de Lacossa aonde receberam 2 barcos. Mussunlis foi para o rio com um grupo de 15 lanceiros aonde foram atacados por Hobgoblins, mas derrotaram as criaturas sem obter maiores informações e voltaram para se encontrar na parte norte do lago. O grupo foi com 20 lanças para o norte pela margem ocidental do Lago aonde uma tropa de orcs os atacou e eles conseguiram derrotar as criaturas.

Alguns emissários da tribo do Urso chegam ao acampamento do grupo e marcam um encontro no círculo de pedra da Deusa Mãe Ursa. Abalthor os aguardava para o debate, Mussunlis ficou estacionado alguns quilômetros dali com as tropas em caso de necessidade. Mas no meio da coversa eles foram surpreendidos e cercados por 10 homens fera! Abalthor e seus homens unem-se a luta e Grioghar toca a trombeta dando o sinal de Mussunlis seguir para ajuda! Mas eles foram interceptados no meio do caminho tendo que lidar com uma patrulha de homens fera.

A Batalha foi terrível, as criaturas são mais fortes que os orcs, ferozes e cruéis as criaturas partiram com toda fúria. Na batalha campal Mussunlis não estava conseguido lidar muito bem com a situação e ia sofrendo baixas, mas a batalha no circulo de pedras fora mais brutal, os homens de Abalthor caíram, e o líder da tribo do Urso ficou bem machucado. Nesta batalha Grioghar fora ferido mortalmente por estocadas na barriga e Felgus após subir em uma pedra as criaturas o derrubaram e ele caiu de cabeça no chão e fora ferido mortalmente. Arthur, Zorax que no calor da batalha estava perdendo o fulgor do combate e Abalthor partiram para a batalha e chegaram para auxiliar Mussunlis e Satanael.

Satanael e Mussunlis focaram no líder e quando Zorax, Arthur e Abalthor se uniram a parede de escudos a maré da batalha mudou. Arthur em seu melhor dia conseguiu abater a criatura após Mussunlis ser ferido por uma azagaia. A moral das criaturas caiu e as tropas do grupo rompeu a força dos homens fera e a matança começou até que todos homens fera tivessem sido eliminados. Mas muitos homens morreram e companheiros pereceram. O grupo no dia seguinte a batalha rumou a aldeia de Abalthor e foram informados da existência da Fortaleza do Pesadelo e que lá os cultistas do caos fizeram uma fortaleza e estão construíndo uma exército para eliminar o Forte e tomar as Terras Marginais...