terça-feira, 2 de agosto de 2016

Odú RPG Download e regras alternativas

Este é o meu rpg autoral que utiliza búzios como forma de definir os resultados e a temática da mitologia afro brasileira oriunda principalmente do candomblé. Uma parceria minha com o Jorge Valpaços do Lampião Game Studio que revisou e organizou o livro que aqui apresento. Boa diversão!




Regras Alternativas para Escolher o orixá do Personagem além do método apresentado no livro.

Método 1- Some todos os algarismos da data de nascimento do jogador e quando for um número acima de 16 some os 2 e obtenha o resultado final.

 Exemplo: Felippe nasceu em 31/08/1988 a soma de todos seus algarismo da data de nascimento é  38, somando este resultado dá o número 11 e logo o orixá do personagem de Felippe é  Yansã.

Método 2-  Será escolhido pelo signo do jogador, uma maneira mais esotérica pra escolher. Ae jogue os caurís e a quantidade de caurís abertos indica na ordem o orixá que seu personagem possuirá.

Signos de Ar (Gêmeos, Libra e Aquário)- Oxumarê, Oxalufã, Oxoguiã, Iyewá
Signos de Terra (Touro, Virgem e Capricórnio)- Obaluayê, Oxóssi, Ossain, Nanã
Signos de Água (Câncer, Escorpião e Peixes)- Yemanjá, Oxum, Obá , Logun Edé
Signos de Fogo (Áries, Leão e Sargitário)- Xangô, Yansã, Exú, Ogum

Exemplo: Felippe é do signo de Virgem, logo ele possui elemento terra e ao jogar os caurís caem 2 abertos, seu personagem será um Elégùn de Oxossi.


15 comentários:

  1. cara o livro ta legal mais a fonte usada é muito ruim de ler

    ResponderExcluir
  2. Muito legal, simples e diferente. A fonte atrapalha um pouco mas não é nada que prejudique.

    ResponderExcluir
  3. Apenas vou reiterar ao autor que pelamordedeus troque essa fonte e libere uma nova versão.

    Mas parece interessante.

    ResponderExcluir
  4. Li a dica para as fontes, vou em breve soltar uma versão com mais conteúdo e a fonte será alterada.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite!

    Gostaria de parabenizar pela iniciativa de utilizar a mitologia da religiosidade afro como temática do jogo. É mais uma iniciativa que fortalece a implementação da Lei Federal nº 10.639/03! Sou pesquisador da temática história e cultura africana e afrobrasileira a mais de dez anos e fico muito feliz quando vejo essas iniciativas! Minha pesquisa de doutorado, que defenderei neste mês, fala sobre os processos de aprendizagem na Umbanda. No decorrer do texto, utilizo muitos itans para contextualizar os referenciais teórico e metodológico da tese. Para poder contribuir com esse rico projeto, gostaria de fazer duas sugestões: a) rever as saudações de cada orixá; b) Trocar o simbolo de Ogum, que no livro está um Ogó, para uma espada.
    Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Wagner, vou revisar isto acerca dos símbolos, acabou passando. E as saudações e as palavras em yorubá decidi colocar de maneira que as pessoas consigam pronunciar e entender, nas mesas testes vi que tem muita dificuldade em conhecer os Itans ou até coisas simples sobre a cultura afro. Quando reorganizar o livro e fazer uma nova edição irei melhorar isto.

      Excluir
    2. Parabéns novamente Bardo! O RPG ficará um espetáculo! Fico a disposição para ajudar de algumas forma. Um grande e fraterno abraço!

      Excluir
    3. Em uma futura edição vou pedir dicas sim.

      Excluir
  6. excelente iniciativa, conheço pouco da Cultura afro. esse RPG veio muito em boa hora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto foi um dos problemas que encontrei para narrar, ninguém conhecia nada da cultura, então a narrativa que deveria ser contada junto aos Jogadores/consulentes ficou em sua maioria na mão do mestre/babalawó

      Excluir
  7. cara adorei o livro a iniciativa é otima no aguardo da segunda edição ^^

    ResponderExcluir
  8. Nossa, parabéns mesmo pela obra prima. Vou mestrar aos meus amigos e gravar uns vídeos pro YouTube. Depois posto o vídeo aqui.

    ResponderExcluir
  9. Olá Conversa de Taverna, tive contato com seu jogo hoje, achei interessantíssimo, de cara fiquei ansioso para jogar e pretendo fazê-lo assim que possível, talvez o único contra percebido tenha sido a tipografia escolhida. Sou designer e ilustrador freelancer, além de game designer amador, gostaria de saber se vocês me permitem contribuir com esta obra em seu projeto gráfico sem ônus, claro. Seria uma honra para mim.
    deixo aqui um site que reune meus contatos.
    https://edubruno.artstation.com/

    ResponderExcluir